Depois de contratar 100 mil, AMAZON contratará mais 75 mil funcionários para tratar as demandas crescentes do Coronavírus

Google, Apple, Amazon e outras empresas globais reportam ...

Depois de contratar 100 mil funcionários em Março, AMAZON anuncia que contratará mais 75 mil para tratar as demandas crescentes do Coronavírus.

A empresa espera gastar mais de US$ 500 milhões em aumentos salariais para os trabalhadores. Isso fica bem acima da expectativa anterior de US$ 350 milhões.

O serviço vem enfrentando diversas dificuldades nas entregas devido a pandemia e as pressões governamentais.

Essa queda de braço está acirrada, onde a empresa corre para atrair trabalhadores a fim de atender as demandas crescentes enquanto do outro lado temos legisladores e trabalhadores forçando para que tomem mais precauções de segurança e potencialmente fechem as instalações atingidas pelo vírus.

Vale lembrar que a pandemia está presente em quase todos os pontos fortes da Amazon.

Nossa principal preocupação é garantir a saúde e a segurança de nossos funcionários. Fizemos mais de 150 atualizações de processos para ajudar a proteger os funcionários – desde medidas aprimoradas de limpeza e distanciamento social até a pilotagem de novos esforços, como o uso de névoa desinfetante em nosso centro de atendimento em Nova York

Escreveu a Amazon em seu blog na segunda-feira.

Tiveram registros de casos de coronavírus relatados em instalações de Washington, Califórnia, Nova York, entre muitas outras. Levando a pedidos de fechamento de centros de atendimento para limpeza profunda. Os funcionários também realizaram greves para protestar contra a decisão da Amazon de manter os armazéns abertos.
No início deste mês, a Amazon disse que expandiria rapidamente as verificações de temperatura dos funcionários. Mas alguns funcionários e candidatos da Amazon disseram que continuam preocupados com eventos de contratação lotados, acesso limitado a lenços desinfetantes e a capacidade geral da Amazon de cumprir suas promessas.

Fontes: Amazon e CNN Business

Siga-nos no:

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

YouTube
YouTube
Instagram
Pinterest
Pinterest
fb-share-icon
LinkedIn
LinkedIn
Share
Nos siga por Email
RSS